A garota que lia estrelas (Kiran Millwood Hargrave)

Oi gente!

 

Hoje eu vim com livro que, desde que ganhei da editora, estava doida pra trazer pra vocês, então ele foi um dos primeiros que peguei para fazer fotos quando lá em abril comecei a planejar meu retorno!

 

Nem vou me demorar aqui e já vou pra resenha, lá embaixo conversamos sobre o livro!

IMG_4202

 

∴   Edição   ∴

 

A Garota que Lia as Estrelas foi lançado pela Editora Jangada em maio de 2019. A capa é muito legal e eu adoro ver como os vários elementos nela podem ser analisados de forma independente e como eles se combinam para formar uma figura maior. Também gosto muito do contrastes de cores.

 

IMG_4248

 

As páginas são amareladas com ótimo tamanho de fonte, margem e espaçamento. Ao longo do livro temos uma vinheta de bússola, como a da capa, para separar as partes do capítulo. Já antes de cada parte do livro há um mapa mostrando a área em que se passará a história. Com relação ao mapa eu gostaria de destacar a latitude e longitude, para nos colocar ainda mais no clima da história (♥). 

 

IMG_4245

Algo que gostei muito também são os mapas que vemos no “verso” da capa (e quarta capa) do livro. Isso não é algo exatamente incomum de encontrarmos, mas este é um dos poucos que já vi colorido! Nem preciso dizer o quanto gostei da ideia, não é? Às vezes um mapa com muitas informações (principalmente quando são muitas informações minúsculas) em preto e branca me deixam perdida e esse visual colorido ficou incrível!

 

IMG_4239

 

∴  História  ∴

 

Isabella é uma garota de 13 anos que  mora na ilha de Joya com o o pai e, apesar de nunca ter saído de lá, sonha com terras distantes e viagens incríveis. Por ter crescido cercada pelos mapas de terras distantes que seu pai, um cartógrafo habilidoso um dia mapeou, Isabella não se conforma em ficar presa à ilha, longe de um mundo de possibilidades e sob o domínio do tirano Governador Adori, que fechou as fronteiras da ilha assim que chegou à Joya, confinando todos os moradores e proibindo o acesso para a floresta e os mares.

 

IMG_4205

 

Isabella é a melhor amiga de Lupe, a filha do Governador e, apesar de esta parecer uma amizade improvável, as duas são muito unidas. Tanto que, quando coisas estranhas começam a acontecer na ilha e uma garota é encontrada morta no pomar, Isabella resolve ir atrás de Lupe que fugiu para a floresta no intuito de desvendar a morte da garota.

 

Após ter perdido a mãe e o irmão gêmeo, Isabella sente que não pode perder a melhor amiga também. Então, munida de um mapa dos Territórios Esquecidos que herdou da mãe e de  uma bússola de seu pai, Isabella se une à equipe de buscas do Governador e parte à procura de Lupe.

 

IMG_4238

 

Mas em meio a toda essa aventura, o que Isabella não esperava é que iria encontrar criaturas estranhas e diversos perigos.

 

 

Eu li esse livro em, literalmente, uma sentada. Em uma tarde de folga da livraria, me sentei para ler esse livro e, antes que eu precisasse ir para a faculdade, já havia terminado. A leitura é muito fluida e os capítulos são curtos e repletos de ilustrações, o que faz com que a leitura seja bem rápida. A diagramação espaçada também ajuda bastante nesse ponto.

 

IMG_4247

 

Um ponto que eu achei muito interessante e muito diferente nesse livro é que ele é, de fato, um livro de aventura. É bem difícil encontrarmos livros, em especiais os juvenis,  que sejam somente de aventura, sem que elementos de fantasia sejam o ponto mais marcante da história. Isto, aliado à “falta de romance” na história chamaram muito a minha atenção por ser algo bem diferente de várias dezenas de livros para a mesma “faixa etária” (deixando bem claro que não partilho da ideia de que livros juvenis só devam ser lidos por crianças/adolescentes).

 

A Garota que lia estrelas é uma excelente opção para curar uma ressaca literária ou para retomar o hábito da leitura, pois você embarca de cabeça na história de Isabella e não vai querer largar o livro até chegar no final!

IMG_4249

A última coisa que eu queria destacar é a mensagem do  Editor da Chicken House , a editora que publicou o livro lá na gringa. Achei muito legal a editora Jangada ter mantido essa mensagem (que eu esqueci de fotografar) logo no início da versão que eles publicaram, pois já nos coloca no clima de mistério e aventura do livro e ainda nos diz o que esperar do livro de estreia de Kiran Millwood Hargrave.

 

 

E vocês, já leram A Garota que lia estrelas? Ficaram curiosos? Vocês podem adquirir esse livro usando o link a seguir e assim estarão ajudando o Bookolic sem pagar nada a mais por isso!

E já sabem, não é? Me contem aqui nos comentários o que vocês acharam! Estou ansiosa para conversarmos!

Xx

ADQUIRA | https://amzn.to/2D85K8w

Louca das Edições #2: Os Imortalistas (HarperCollins)

Hey pessoas!

 

Olha só quem já está de volta com mais um livro lindo!! E, além de lindo, esse livro ainda tem um quê especial porque eu ganhei do meu amigo Tadeu que é representante da editora HaperCollins. Ele sabe o quão louca  por detalhes gráficos/edições bem trabalhadas eu sou e disse que assim que viu esse livro lembrou de mim! Tem como ser mais amorzinho?! (Aliás… estou com saudades, Tadeu! Você faz falta em BH!!)

IMG_4155 (2)

 

Se no primeiro post dessa categoria (clique aqui para ler) eu disse que todo amante de livros sabe que a DarkSide sempre traz livros com um acabamento de primeira, hoje eu preciso dizer que a HaperCollins não fica pra trás! E olha que nem estamos falando ainda das edições deles dos livros do Tolkien… esse cuidado com os detalhes gráficos começou bem antes e hoje vim trazer um desses livros pra vocês!

 

 

No fim da semana passada eu acabei não fazendo esse post por que ainda estava em dúvida entre dois livros, mas acabei me decidindo por Os Imortalistas e, quando me lembrei do que o Tadeu me disse quando me deu, a decisão pareceu mais acertada (♥).

 

 

IMG_4144

 

A capa desse livro é linda, e também tem uma textura aveludada que dá vontade de ficar passando a mão pra sempre (pena que fica a marca dos dedos quando fazemos isso)! Eu também amo a paleta de cores que eles usaram para fazer as folhas! Ficou algo único e vibrante, bem diferente dos livros que já vi (fora o fundo preto que deu um charme!)

 

IMG_4147 (2)

 

A folha de guarda dessa vez é “mais simples” e de um tom de vermelho bem bonito, mas somos logo compensados pelas folhas de rosto. Na primeira temos uma reprodução “menor” da capa e, logo depois uma folha de rosto toda preta com a imagem da árvore à esquerda. Na época que esse livro foi lançado, em 2018, eu ainda não tinha visto muitos livros com folhas pretas assim (acho até que esse foi o primeiro, talvez?!) e eu fiquei muito impressionada e achei muito bonito! Isso dá um efeito muito marcante na edição!

 

IMG_4148 (2)

Esse detalhe gráfico é algo que se repete ao longo do livro, o que me fez gostar ainda mais dele, pois vemos que isso não é algo por acaso. Foi cuidadosamente pensado para criar um diálogo ao longo de toda a leitura, e isso torna a experiência muito agradável. Sem contar que é por causa desse tipo de detalhe e cuidado que me transformei na louca dos livros (uma versão talvez um pouco mais doida e perigosa da louca dos gatos!)

 

IMG_4152 (2)

 

Na abertura de cada uma das partes do livro temos a repetição da página preta com a árvore ao fundo, bem discreta, como se fosse uma marca d’água. Por falar na árvore, ao longo do livro vemos folhas para fazer as vinhetas que dividem as partes de cada capítulo (detalhe esse que eu sempre adoro encontrar nos livros que leio).

 

IMG_4151 (2)

 

Na quarta capa os detalhes que mais marcam são as palavras coloridas no início da sinopse.

Se por um lado temos nesse livro a presença da vinheta no meio dos capítulos, que é algo um pouco mais comum, esse detalhe com parte da sinopse colorida foi algo bem novo e diferente pra mim e chamou muito a minha atenção. Esse destaque aliado ao fundo preto ficou muito legal, não acham?

 

IMG_4157 (2)

 

 

 

Então é isso… o que acharam dos detalhes de Os Imortalistas? É um livro muito lindo mesmo não é?! Ele tem uma elegância e uma imponência que muitas vezes o deixa bem diferente dos outros livros que já passaram aqui pelo blog…

 

Não sei bem explicar direito, mas ele sempre parece se destacar, seja na estante ou numa pilha na livraria! E eu não poderia criar aqui uma seção sobre edições e não trazer esse exemplar tão bonito para dividir com vocês!

 

 

 

 

Agora é a vez de vocês! O que vocês acharam desse segundo post do Louca das Edições?! Me contem tudo aqui nos comentários e vamos conversar sobre edições bonitas! E caso vocês queiram ver por aqui algum livro específico é só me falar!!

 

 

Ah! Não se esqueçam! Se vocês gostaram de Os Imortalistas, podem adquiri-lo clicando no link a seguir. Assim vocês estarão ajudando o Bookolic sem pagar nada a mais por isso (♥)

 

Xx

 

ADQUIRA | https://amzn.to/2CU6Hkk

Book Love (Debbie Tung)

Hey pessoal!!

 

Hoje eu vim com um livro um pouquinho diferente… Esse é o primeiro post com um livro em inglês! (Estamos ficando muito chiques, não acham?) Mas antes que você pense “eu não sei inglês” ou “ler em inglês é difícil”, e então feche essa janela e nunca mais volte, eu preciso contar um detalhe muito importante: a leitura desse livro é muito fácil.

 

Bom… vamos à como eu descobri esse livro… Eu estudo inglês há alguns anos e, por mais que eu não tenha problemas em me comunicar quando o assunto é conversar em inglês, eu sempre senti um medinho de ler livros em inglês. Em especial aqueles calhamaços bem lindos. Foi justamente tentando vencer esse medo que descobri um vídeo no canal da Melina Souza (se você quiser conferir o vídeo é só clicar aqui) em que ela indicava alguns livros para começar a ler em inglês.

 

IMG_4302 (2)

 

Book Love estava entre os livros que ela indicou e, quando eu fui pesquisar sobre o livro, fiquei muito apaixonada pela sinopse e comprei na mesma hora! E sim… a leitura dele é bem tranquila, mas vamos conversar sobre isso depois. Agora, vamos à resenha!

 

 

∴ Edição 

 

Book Love foi publicado pela Andrews McMeel Publishing em 2019. O primeiro detalhe que chama muito a atenção é o formato quadrado. Ele dá ao livro um ar bem delicado e fofinho. O desenho da capa também é incrível e retrata bem o sentimento que nos acompanhará ao longo de cada página: uma vontade doida de abraçar o livro com força!  (♥)

 

IMG_4255 (2)

 

 

A folha de guarda (eu falei um pouquinho de folha de guarda em outro post, se você não sabe o que é clique aqui) é muito fofa também e dialoga muito bem com todo o conteúdo que vamos encontrar no meio do livro. As ilustrações também são maravilhosas. São muito delicadas e me deram muito quentinho no coração me jogando com tudo nesse livrinho lindo (♥)!

 

IMG_4303 (2)

 

 

∴  História  ∴

 

Book Love é um livro diferente dos outros que já passaram por aqui, pois, além de ser em inglês, ele é em quadrinhos. Mas não um “quadrinho” com uma única história contada ao longo do livro… Book Love retrata em quadrinhos/tirinhas a vida dos apaixonados por livros.

 

IMG_4304 (2)

 

Ao longo das páginas vemos diversas situações  que com certeza quem ama livros já passou. Ou certamente vai passar…

 

Por exemplo, que leitor nunca passou na frente de uma livraria e teve que entrar só pra “dar uma olhadinha”? Ou que, na hora de escolher um livro, não acabou indo parar no caixa com aquela pilha enorme de livros porque não conseguiu se decidir?

 

IMG_4305 (2)

Essas são só algumas das situações retratadas no livro e, tenho que dizer, é uma página  melhor que a outra!!! Esse livro é todo muito quentinho no coração (♥)!

 

 

 

Eu me identifiquei muito com tudo retratado nesse livro. Não foram poucas as vezes que me peguei rindo ao encontrar no livro uma ou outra situação que já aconteceu comigo e a minha vontade era de fotografar/marcar cada página!!

 

Esse livro é uma delicia de ler. Por várias vezes eu tive que parar e deixar ele de lado por que queria aproveitar bastante e não queria acabar muito rápido. Mas isso foi algo bem difícil porque não dá vontade de soltar esse livro de jeito nenhum.

 

IMG_4310 (2)

 

Por ser uma coletânea de tirinhas,  você não precisa obedecer à “ordem normal de leitura”, mas confesso que mesmo nesses casos em que é possível simplesmente abrir o livro aleatoriamente e ler um pedaço, isso não é algo que eu consiga fazer. Pelo menos não num primeiro momento de leitura, talvez para relembrar e matar a saudade  porque esse é o tipo de livro que dá vontade de deixar na cabeceira para ter sempre a mão e poder abrir todo dia(♥).

 

 

Como eu falei ali em cima, eu sempre tive um medinho de ler livros em inglês, mas decidi vencer essa barreira e me comprometi a ler pelo menos dez livros em inglês esse ano… (será que eu consigo?!)

IMG_4307 (2)

 

Apesar dessa minha “resolução de ano novo”, eu ainda me sentia insegura, até que eu vi esse livro e percebi que essa era a minha chance de começar esse projeto!

 

Por ter desenhos junto à parte textual, você consegue entender a tirinha mesmo que não conheça uma palavra ou outra. O que faz com que você vá ganhando confiança e queira ler mais em outro idioma!

 

 

 Recomendo muito Book Love para quem quer  ler em inglês e não sabe por onde começar, por que (além de tudo que já falei sobre a linguagem e os desenhos), esse livro é um amorzinho e tudo que você precisa é se aconchegar em um lugar confortável se abastecer com uma caneca de chá (ou café) e começar a leitura!

IMG_4312 (2)

 

Agora me digam, vocês tem o costume de ler livros em outro idioma? Já conheciam Book Love? Me contem aqui nos comentários para eu saber o que acharam!

 

E já sabem, não é? Vocês podem adquirir esse livro usando o link a seguir e assim estarão ajudando o Bookolic sem pagar nada a mais por isso!

Vamos conversar aqui nos comentários!

Xx

 

 

ADQUIRA | https://amzn.to/3dZ12X5

 

 

Conectadas (Clara Alves)

Hey pessoas!!

 

Hoje eu trouxe pra vocês a resenha de um dos livros que li durante a #MLI2020! Como este foi o livro escolhido para a primeira categoria da maratona (Ler um livro LGBTQIA+ lançado nos últimos quatro anos) eu queria ter postado essa resenha ainda em junho por causa do mês do Orgulho,  mas estive em um dilema tão grande entre não querer me desgrudar desse livro e querer prolongar ao máximo a leitura que o mês acabou antes que eu finalizasse minha leitura.

 

IMG_4360 (2)

 

Sério… fiquei tão apaixonada pela história que demorei muito a ler esse livro porque não queria que ele chegasse ao fim nunca! Inclusive eu iria ficar completamente surtada se a Clara resolvesse, sei lá, fazer um spin off... um conto… uma continuação… qualquer coisa desse universo! (vou só deixar isso no ar e sair de fininho…)

 

∴   Edição   ∴

 

Conectadas foi lançado pela Editora Seguinte em 2019 e, a primeira coisa que eu preciso dizer é o quanto eu adoro essa capa! Ela dialoga de um jeito tão sutil e encantador com a história que me deixou muito impressionada! Fora a paleta de cores que ficou muito linda! Eu sei que no Kindle fica preto e branco, mas acreditem em mim… é linda! 

 

IMG_4358 (2)

 

Acho que talvez todos saibam o quanto eu adoro detalhes como balões para mensagens (e etc) e esse  tipo de cuidado na edição é algo que encontramos em várias partes desse livro. Temos as conversas durante o jogo, balões de mensagens e tudo que tem direito!

 

IMG_4363 (3)

 

A diagramação no Kindle é muito boa e deixou a leitura muito confortável e fluida. Como já peguei o livro para olhar várias  vezes na livraria em que trabalho, sei que o livro físico também tem ótimo espaçamento e margens (♥).

 

∴  História  ∴

 

Raíssa é uma garota que cresceu com um pai fascinado por computadores e isso a contagiou de tal maneira que, quando aos 14 anos conheceu o jogo Feéricos sentiu como se estivesse descobrindo todo um universo de possibilidades. Mas nem tudo aconteceu de uma forma maravilhosa como a garotinha pensava que seria e para se tornar a gamer que ela queria ser, Raíssa acabou tendo que criar um avatar masculino para jogar.

 

IMG_4376 (2)

 

É em Feéricos que, três anos depois, Raíssa e Ayla se conhecem e se tornam inseparáveis. Ayla encontra em Raíssa alguém com quem pode ser ela mesma, enquanto Raíssa tem com Ayla uma conexão que nunca teve com ninguém.

 

Mas Ayla não sabe quem está por trás do avatar masculino, e nem desconfia que, na verdade, tem conversado com outra menina.

 

IMG_4366 (2)

 

Apesar da culpa que sente por enganar Ayla, Raíssa ainda não se sente pronta para contar a verdade, afinal isso poderia significar perder a garota que ama. Isso faz com que Raíssa continue mentindo, afinal, não existe a menor possibilidade de elas se conhecerem pessoalmente, certo? #sqn

 

Mas isso acaba mudando quando a produtora do jogo Feéricos anuncia sua primeira feira de jogos em São Paulo, o que seria um evento perfeito para que elas se encontrassem. Em meio a jogos incríveis, concurso de cosplays e toda a empolgação da feira, será que esse romance on-line consegue alcançar a vida real?

 

Conectadas é um livro tão incrível e me fez aprender tanto que, como eu falei lá em cima, eu não sabia se lia loucamente querendo ficar cada vez mais imersa nesse universo ou se eu prolongava a leitura com medo do momento em que o livro acabasse e eu ficasse completamente órfã!!!

Esse não foi o primeiro livro com a temática LGBTQIA+ que eu li, mas foi o primeiro que tratou a questão queer de uma forma tão profunda e única! Fiquei muito fascinada com tudo que a Clara colocou no livro que (com a ajuda dela que foi super fofa) comecei a pesquisar e entender mais do assunto!

 

IMG_4367 (2)

 

A parte do jogo e dos cosplays é um universo a parte que me fez lembrar da minha adolescência, quando eu e meu primo (oi Pedro!) jogávamos Lunia, um jogo MMORPG “nos moldes de Feéricos”. Eu era viciada nesse jogo e, tão logo arrastei meu primo para esse universo ele também não conseguiu mais sair!

 

Ainda tem o bônus do cosplay! Meu sonho era fazer um cosplay da minha personagem favorita do jogo (nunca tive a habilidade ou a coragem pra isso, mas vontade eu tinha de sobra!). Poder reviver essa parte da minha vida no meio da história foi algo muito incrível e me deixou com muito quentinho no coração  (♥)

 

Bom… o que mais posso dizer além de que eu amei muito esse livro e que recomendo demais(♥)?

 

 

 

E vocês, já leram Conectadas? Ficaram curiosos? Vocês podem adquirir esse livro usando o link a seguir e assim estarão ajudando o Bookolic sem pagar nada a mais por isso!

E já sabem, não é? Me contem aqui nos comentários o que vocês acharam!

Xx

ADQUIRA  https://amzn.to/2OiO8Je

 

 

P.S.:  Clara, se por acaso você chegar a ler isso algum dia, eu falei sério lá em cima. Ficarei muitíssimo feliz em ler qualquer coisa que venha de Conectadas! (Principalmente se for um spin off ou conto com o Leo!) (♥)

Louca das Edições #1: A Pequena Sereia e o Reino das Ilusões (Darkside)

Hey pessoas!

 

Estou muito empolgada com essa nova categoria aqui no blog e, pra começar com chave de ouro eu não poderia escolher um livro que não fosse da DarkSide Books, não é mesmo?

Acho que todo amante de livros a essa altura já sabe que, falar de DarkSide é falar de livros com um acabamento de primeira. Aquele verdadeiro livrão da p deixa pra lá.

 

A turminha da Caveira entende bem da arte de deixar o leitor com água na boca só de ver seus livros! (Ou seria com água nos olhos?). É raro não encontrar uma edição deles que não tenha capa dura, corte colorido, marcador de fitilho e tudo que se tem direito! A DarkSide tem um cuidado com a parte gráfica que é muito incrível.

Quando se trata da DarkSide o difícil é escolher um livro pra poder trazer nessa nova categoria!

 

Acabei decidindo começar com A Pequena Sereia e o Reino das Ilusões por que foi o primeiro filho da Caveira que eu tive para chamar de meu! Então, vamos deixar de enrolação e vamos à esse livro lindo!

 

IMG_4116 (2)

 

A capa desse livro é maravilhosa, tem uma textura aveludada e um verniz localizado na parte do espelho que o deixa com efeito muito real e ele parece quebrado (o que aliás demonstra muito o cuidado da DarkSide, pois o espelho quebrado aparece na história!)

 

Já por dentro, os detalhes lindos dessa edição já começam logo com as folhas de guarda. Sim, folhas de guarda, no plural!

 

IMG_4123 (2)

 

Mas vamos com calma… Se você não sabe o que é uma “folha de guarda” é bem simples: sabe uma folha (geralmente mais grossa), que fica “colada” na capa de um livro em edição capa dura, antes da folha de rosto com o nome do livro e autor? Essa é a folha de guarda.

 

IMG_4124

 

Agora que “estamos na mesma página”, voltemos ao livro. Esse livro da DarkSide tem duas folhas de guarda, uma com estampa de sereia e a outra com estrelas do mar e bolhas (são bolhas mesmo? Fiquei na dúvida!). As estrelas do mar aliás aparecem em vários outros momentos.

 

Logo na folha de rosto temos uma versão da capa em que também aparecem elementos importantes na narrativa. E eu preciso dizer que eu amei a ficha catalográfica com o quadro em forma de balão saindo da caveirinha! Muito criativo, não é?!

 

IMG_4135 (2)

 

Lembra quando eu disse que que as estrelas do mar apareciam em várias parte do livro? Elas abrem cada um dos capítulos do livro.

 

IMG_4131 (2)

 

E também aparecem dividindo as partes do livro. Vocês já devem ter percebido pela maioria das minhas resenhas que eu sempre gosto quando as editoras colocam como vinheta para dividir as partes dos capítulos algum desenho relacionado à história e não simplesmente um asterisco ou uma bolinha…

 

IMG_4129 (2)

 

Agora rufem os tambores…. o detalhe mais incrível dessa edição: a pintura no corte!

 

Eu sei, eu sei… eu mesma disse no início do post que a DarkSide é famosa por ter a maioria de seus livros com pintura trilateral… mas o que faz com que A Pequena Sereia e o Reino das Ilusões seja ainda mais incrível é que o corte não é apenas pintado, ele é pintado em duas cores!!!!

 

IMG_4139 (2)

 

Indo do azul mais claro ao azul escuro, a pintura faz uma referência ao mar que ficou muito legal! Não foi a primeira vez que vi isso em um livro da DarkSide, mas eu sempre acho esse detalhe tão incrível que valia a pena mencionar… e também porque eu realmente fiquei maluca com isso e eu não seria a Louca das Edições se não incluísse esse detalhe aqui!

 

 

 

Bom… esse post ficou bem maior do que pensei, então vou ficando por aqui. Me conte o que vocês acharam desse novo tipo de post… curtiram? Acharam besteira? Ficaram doidos com essa edição também?

 

 

Me contem tudo aqui nos comentários e vamos conversar sobre edições bonitas!

 

 

Ah! Não se esqueçam! Se vocês gostaram de A Pequena Sereia e o Reino das Ilusões, podem adquiri-lo clicando no link a seguir. Assim vocês estarão ajudando o Bookolic sem pagar nada a mais por isso (♥)

 

Xx

 

ADQUIRA | https://amzn.to/3dWyjCp

Hacker (Ray Tavares)

Hey pessoas!!!

Quem aí também está empolgado com a rotina do blog? Bom… eu posso dizer a vocês que estou muito feliz de estar por aqui de novo e, para “comemorar” essa minha empolgação trouxe pra vocês um livro de uma autora que gosto demais!IMG_4261 (2)

 

Em muito pouco tempo a Ray se tornou uma das minhas autoras favoritas (me arrisco a dizer que ela é A Favorita isso ficou parecendo nome de novela (risos), não só por gostar do que ela escreve, como por gostar muito dela como pessoa!). Mas não é só por isso que escolhi esse livro hoje… logo que pensei em voltar para o blog (há alguns meses, confesso), um grupo de pessoas muito especiais me deu a maior força para esse retorno e eles ainda vibraram comigo na semana passada quando finalmente voltei! A princípio esse seria o “post do retorno ao blog”, mas em razão dos acontecimentos das últimas semanas, isso acabou mudando, mas eu não queria deixar de falar desse livro/dessa autora que, além de ser incrível (já disse que amo a Ray?), me levou a conhecer  esses amigos super especiais (um beijo para todos os Reys e Raynhas da Ray! E obrigada pelo apoio).

Sem mais delongas, vamos à resenha!

 

∴   Edição   ∴

IMG_4282

Hacker é um e-book publicado de forma independente pela Ray Tavares em 2019. Por ser um e-book é difícil falar de diagramação, detalhes e todos os elementos gráficos que eu adoro, mas preciso ressaltar a capa que ficou incrível! O visual da personagem principal lembra um visual “clássico de fanfic” (e, conhecendo a Ray e sabendo que ela começou sua carreira no fundo das fanfics, ver essa capa dá um quentinho no coração), além disso os “códigos de computador” complementam o charme da capa, o modo como eles aparecem na sombra da personagem principal dialoga muito com a história e esse é o tipo de cuidado com os detalhes que eu mais gosto!

 

 

∴   História   ∴

Hannah Knight é uma jovem estudante de Ciências da Computação na USP que tem uma incrível habilidade de se comunicar em 0 e 1, mas que tem um pouco de dificuldade no quesito “socialização” (quem nunca!). No mundo virtual, escondida pela tela de seu computador é que ela consegue ser ela mesma, sem se sentir deslocada.

IMG_4299 (2)

Além de se sentir mais a vontade na rede, Hannah tem uma habilidade incrível com computadores e, por isso começa a trabalhar como hacker para L. Love, que além de tutor e contratante, tornou-se seu melhor amigo.

 

Mas, se antes todos os serviços eram “menores”, tudo começa a mudar quando L. Love a contratada para investigar Sérgio Maia, um empresário famoso que também atua como agente literário de Oliver Morais, o único e grande amor de Hannah, com quem ela se comunica “secretamente” na internet.

 

 

 

Hacker é super divertido e cheio de referências e piadas como a Ray sabe fazer muito bem! Confesso que eu já tinha o e-book na minha biblioteca do Kindle desde a pré-venda (e na época eu ainda nem tinha um Kindle!) mas só fui ler essa belezinha agora, o que foi perfeito!

 

IMG_4268 (2)

Em meio a essa confusão de pandemia, teve um dia que me senti bem nervosa e desesperada com tudo que tem acontecido e foi aí que eu decidi que precisava de um livro que eu sabia que iria gostar e que iria me divertir e embarcar na história com tudo. Escolhi então Hacker porque sabia que era impossível não me apaixonar e me distrair com mais essa história da Ray…

 

 

Nem preciso dizer que a escolha foi mais do que acertada, não é?! Além de amar a Hannah e me identificar com sua falta de habilidades sociais, eu adoro todas as referências e piadas que a Ray coloca em suas histórias. Dessa vez teve até Pink e o Cérebro e o Diário da Princesa!  (♥)

 

IMG_4278

 

Bom… só de escrever sobre esse livro e relembrar algumas de suas passagens já me deixou com saudade e com aquela vontade de ler de novo… Quem sabe quando eu acabar a MLI2020?

 

 

E vocês, já leram Hacker? Ficaram curiosos? Vocês podem adquirir esse livro usando o link a seguir e assim estarão ajudando o Bookolic sem pagar nada a mais por isso!

 

 

E já sabem, não é? Me contem aqui nos comentários o que vocês acharam! E se quiserem conhecer outros livros da Ray, eu já fiz uma resenha sobre um deles (é só clicar aqui para ler) e em breve trago outro(s) pra vocês!

 

 

Xx

ADQUIRA | https://amzn.to/3e8J6tP

 

 

 

 

Maratona Literária de Inverno 2020

Hey pessoas!

 

 Em 2017 eu fiz um post aqui no blog falando da minha experiência participando da minha primeira Maratona Literária (caso você não tenha lido, clique aqui) e, como eu estou tentando voltar pro blog, resolvi participar da #MLI2020 (ou  #BKTBTN como estão chamando) e mostrar pra vocês os livros que vou tentar ler durante essas duas semanas.

 

IMG_4342

A Maratona Literária de Inverno 2020 vai acontecer entre os dias 20 de junho e 04 de julho e reuniu 26 booktubers (daí o nome booktubatona) e cada um deles propôs um desafio. Para conferir todos, é só ver o vídeo de apresentação da #MLI2020 no canal  Geek Freak.

 

Sem mais delongas, vamos aos livros escolhidos (♥). Lembrando que, 1) não é preciso preencher todas as categorias;  2) um livro pode se encaixar em mais de uma categoria e 3) a maratona não é uma competição, apenas um momento para se ler junto e falar sobre livros… você pode ler quantos livros quiser, no seu ritmo (♥)

 

TBR: #MLI2020

1) Ler um livro LGBTQIA+ lançado nos últimos quatro anos

IMG_4345

 

Esse desafio foi lançado pelo Leo Oliveira e, preciso dizer que fiquei muito empolgada com esse desafio porque ele casa direitinho com um livro que eu queria muito ler. Conectadas de Clara Alves conta a história da Raíssa e da Ayla, duas garotas que se conhecem em um jogo e têm uma conexão única.

 

Eu estava louca para ler esse livro desde que ele foi lançado ano passado,  mas no meio de tanta coisa acontecendo e tantos outros livros pra ler, ele acabou perdido no meio da minha  sempre em expansão  wishlist. Mas, pensando agora, isso foi perfeito! Se ano passado eu tinha ficado encantada com a capa e a sinopse do livro, esse ano pude conhecer (virtualmente) a Clara através de duas escritoras que eu gosto muito, a Pam Gonçalves e a Ray Tavares, e puxa!!! Que pessoa mais incrível! A Clara é super fofa e atenciosa com os fãs, faz vídeos no YouTube dando dicas de escrita e ainda organizou uma campanha para enviar seu livro para pessoas que não tinham condições de comprar e, assim, levar algum conforto para elas no meio da pandemia… Tem como ser mais incrível?

 

Conectadas também se encaixa nos desafios “ler um livro nacional de autor da comunidade LGBTQIA+” e “ler um livro escrito por uma escritora mulher“.

 

2) Ler um livro de ficção histórica

IMG_4348

 

Confesso que, ficção histórica não é meu gênero favorito, já que, normalmente, os livros desse gênero trazem no plot algo como guerras e eu tenho um pequeno pavor de ler algo da Segunda Guerra Mundial, por exemplo. Mas com 14-14 Cartas misteriosas foi o oposto! Assim que esse livro chegou na livraria eu fiquei super curiosa para lê-lo e agora tenho a desculpa perfeita para colocar ele na frente de vários outros!

 

 

3) Ler um livro que faça parte de uma série

IMG_4352

 

Para esse desafio escolhi Reinações de Narizinho que faz parte da série de livros do Sítio do Picapau Amarelo do Monteiro Lobato. Ano passado quando começaram a sair diferentes edições dos livros do Sítio, me dei conta que, apesar de amar assistir à serie quando era pequena, nunca tinha lido os livros e desde o momento em que me dei conta disso fiquei louca para ler!

Como eu já estou com o Reinações de Narizinho desde que ele foi lançado pela Autêntica, esse livro também acabou se encaixando no desafio “ler um livro encalhado na estante” (apesar de eu ter vários outros ainda mais encalhados).

 

4) Ler um livro digital

IMG_4355

 

Navegando pela biblioteca da Amazon descobri Correio nada elegante e, sem nem mesmo ler a sinopse, já garanti o meu por motivos de Festa Junina!!! Sabe aquele livro que você sempre quis ler, mas não fazia ideia disso? Foi o que aconteceu com Correio nada elegante! Foi a primeira vez que vi essa temática em um livro e, como uma pessoa apaixonada por festas juninas eu surtei… Definitivamente será o primeiro livro que vou ler nessa Maratona!

Como é um e-book publicado pela autora na Amazon, Correio nada elegante também se enquadra no desafio “ler um livro nacional de autor independente ou editora pequena” e, claro, “ler um livro escrito por uma escritora mulher“.

 

5) Ler um livro de realismo mágico

IMG_4349

 

Confesso que nesse desafio fiquei um pouco na dúvida… e acabei escolhendo Terra de Histórias. Não sei exatamente se este livro se encaixa na categoria, mas quero lê-lo há tanto tempo que, na verdade, simplesmente disse pra mim mesma que se encaixa e pronto! (risos)

 

 

Bom.. é isso! Essa foi a minha TBR para a #MLI2020 / #BKTBTN. A Maratona Literária começa hoje e, assim que terminar este post vou começar a ler meus livrinhos  (♥). Se vocês quiserem participar da Maratona é só escolherem seus livros, e começar a ler! Vocês também podem assistir às lives de discussão nos canais participantes, participar dos sprints de leituras e também acompanhar todas as novidades no twitter @bktbtn.

 

 

E já sabem, não é? Não se esqueçam de vir aqui nos comentários me contar o que acharam dessa maratona e coloquem aqui também a sua TBR se você quiser participar!

 

E aí? Ficaram animados para ler juntos? Vocês podem adquirir os livros listados aqui usando os links a seguir e assim estarão ajudando o Bookolic sem pagar nada a mais por isso!

 

Xx

 

ADQUIRA:

Conectadas: https://amzn.to/2YOsPnw

14-14 Cartas misteriosas: https://amzn.to/37Tc12Y

Reinações de Narizinho: https://amzn.to/2YQqkkJ

Correio nada elegante: https://amzn.to/3fJxKNu

Terra de Histórias: https://amzn.to/2Bonco8

 

 

 

A Primeira Página e outros contos mexicanos (Luciano Mendes)

Oi pessoas!!

Como prometido no meu “textão da madrugada”, voltei rapidinho com a resenha desse livro mais do que especial para mim!

Essa resenha vai ter o formato um pouquinho diferente das outras aqui do blog (eu não vou analisar detalhes da edição/diagramação como normalmente faço porque, como foi eu quem diagramou esse livro, não acho que esta seria uma “análise” igual eu normalmente gosto de fazer), mas espero que vocês gostem!

 

IMG_4330

 

O e-book A Primeira Página e outros contos mexicanos foi publicado na Amazon em 15  jun. 2020 (♥).

Neste livro, que marca a estréia sua estréia no mundo literário, Luciano Mendes reúne contos que perpassam os mais variados cenários.  Nas primeiras páginas somos levados ao interior de Minas Gerais e nos divertimos com os contos narrados em bom minerês (♥).

 

 

IMG_4338

 

 

Dessa primeira “parte” do livro eu preciso destacar o conto Cada um luta com as armas que tem! Me diverti muito com a história de Manuel e Das Dores. O tempo inteiro fiquei pensando na cidade da minha avó que, quando eu era criança, tinha aquele mesmo jeitinho de interior (pelo menos pra mim!).

 

Se por um lado a primeira parte do livro nos leva ao interior, A Primeira Página é um conto que traz investigação, jornalismo e uma pitada de romance aliados a um passeio pela capital mineira! Foi muito bom acompanhar o jornalista Miguel Pereira andando pra baixo e pra cima na minha cidade!

 

IMG_4337

 

Embora eu já tivesse lido um livro em que a personagem passou por Belo Horizonte, ler pela primeira vez uma história totalmente ambientada aqui foi uma experiência incrível! A história desse conto é envolvente, empolgante e cheia de reviravoltas, o que faz com que você não queira parar de ler!

 

Os últimos contos  nos fazem viajar ainda mais, e através dele somos apresentados ao cenário e aos sabores mexicanos de um jeito único, com direito a uma viagem de metrô e tudo!

 

 

A escrita do Luciano é uma delicia e, quando nos assustamos, o livro já chegou ao fim e queremos ler tudo de novo só pra sentir aquele misto de nostalgia e empolgação que tivemos ao longo da leitura. Uma ótima escolha para domingos frios e preguiçosos, A Primeira Página e outros contos mexicanos é o livro perfeito para se ler enrolado nas cobertas nesse friozinho de final de julho…

 

IMG_4332

 

 

E aí? Ficaram curiosos? Vocês podem adquirir esse livro usando o link a seguir e assim estarão ajudando o Bookolic sem pagar nada a mais por isso!

E já sabem, não é? Não se esqueçam de vir aqui nos comentários me contar o que acharam!

Xx

 

ADQUIRA | https://amzn.to/3e8J6tP

 

 

 

 

Olá amigos,

Sei que estive muito sumida do blog no último ano e sei também que a velha desculpa do “estar sem tempo” já é bem clichê e, muitas vezes, considerada papo furado… mas a verdade é que eu realmente estava sem muito tempo pra nada. Tenho conciliado os estudos de manhã e a noite com meu trabalho como livreira durante o dia, um estágio no meu dia de folga e, recentemente, freelas de edição/revisão que tento encaixar em qualquer brecha…

Mas mesmo com tudo isso, ou talvez por causa de tudo isso, eu sentia muita falta de tirar fotos pro blog, me sentar na frente do computador e conversar com vocês… esse blog surgiu da minha grande paixão por livros e sempre teve o propósito de ser um meio para que eu conseguisse espalhar esse amor pelo mundo e, quem sabe, atrair mais pessoas para esse universo fantástico!

Confesso que nesses tempos de quarentena eu não podia mais usar meu trabalho na livraria como desculpa para estar afastada do blog, e eu até cheguei a fazer inúmeras fotos para voltar a postar… mas foi então que surgiu um outro trabalho que me demandou mais horas do meu, já bem curto, dia.

Mas a vida tem umas formas engraçadas de trazer a gente de volta para o caminho certo e, tendo acontecido algo incrível comigo nas últimas semanas, a coisa que sempre ficava rondando minha cabeça era: “Eu queria muito colocar isso no blog! Queria muito deixar isso registrado lá para que meus leitores (se é que você ainda está aqui, caro amigo imaginário) pudessem vibrar comigo…”

Então eu resolvi ouvir essa vozinha dentro da minha cabeça e aqui estou!

Este não é o post que eu tinha planejado para meu retorno e cujas fotos e novidades passei horas planejando… mas é algo que me deixou tão feliz que me fez ligar o computador às 23:33 para escrever para vocês.

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é whatsapp-image-2020-06-17-at-00.07.15-1-1.jpeg

Confesso que, por muitos minutos fiquei sentada encarando o cursor piscar na minha tela em branco pensando se um texto tão longo não seria enfadonho para vocês ou que talvez isso significasse que as poucas pessoas que talvez se interessassem por abrir esse blog depois de tanto tempo vissem algo tão grande e, enfim, desistissem… mas ao sentar para escrever uma resenha, senti que eu não poderia simplesmente jogar ela aqui como se não tivesse ficado longe por tanto tempo (para compensá-los prometo que a resenha que virá em seguida será não será um testamento!)

Vocês então devem estar se perguntando que lenga lenga é essa e por que afinal eu decidi, no meio da minha súbita motivação, mudar totalmente o propósito desse post. Como disse, algo incrível aconteceu nas últimas semanas e eu quis vir compartilhar com vocês…

Fui convidada para realizar o meu primeiro trabalho de edição/ diagramação!!!

Trata-se de um livro cuja versão física será lançada em breve, mas, em razão dos novos tempos e novas tecnologias, o autor queria muito uma versão digital também e me pediu para cuidar do e-book!

Eu fiquei muito feliz com essa oportunidade porque tive a chance de não só colocar em prática o que tenho aprendido na faculdade e em diversos cursos que tenho feito para me especializar, como também de me por a prova e mostrar que isso é realmente o que eu amo fazer: trabalhar com livros!

Claro, como todo novo desafio passei uns perrengues no início, mas isso foi uma das coisas mais incríveis que poderia ter acontecido, pois afinal tive a chance de, no meu primeiro trabalho, usar de toda a minha criatividade para tentar solucionar a questão, pois dessa vez eu não teria um professor para segurar a minha mão e me mostrar qual era a resposta certa.

E posso dizer, meu amigo (muito provavelmente imaginário) que não há nada mais gratificante que mergulhar de cabeça e se dedicar a algo que você ama e, no final, ter um bom resultado…

O e-book que eu produzi para o autor Luciano Mendes (mais uma vez obrigada pela oportunidade, Luciano!) foi publicado na Amazon ontem, dia 15/06/2020, e nessas pouco mais de 40 horas desde o momento em que fiquei sabendo que ele já estava online (é esse o termo quando a Amazon aprova e libera o e-book?) eu não consigo pensar em outra coisa!!

Então é isso pessoal… eu escrevi tuuudo isso só pra compartilhar um pouquinho da minha alegria com vocês. Vejo vocês (em breve, prometo) no próximo post, que será a resenha de A Primeira Página e outros contos mexicanos, ou se vocês preferirem, o e-book que motivou todo esse textão!

Espero ver vocês lá!

Xx

Amor Verdadeiro na Livraria dos Corações Solitários (Annie Darling)

Hey pessoal!!

 

Olha só quem voltou depois de um longo tempo!!  Na verdade esta resenha era para ter sido postada na quinta feira dia 14 de fevereiro em comemoração ao Valentine’s  Day, mas para variar estou atrasada… não é uma bela forma de voltar, mas não queria deixar passar a oportunidade!

IMG_4005

Para entrar no clima de Valentine’s Day escolhi o livro Amor Verdadeiro na Livraria dos Corações Solitários, que é o segundo livro da série Livraria dos Corações Solitários. O primeiro livro da série já apareceu por aqui e tudo que posso dizer é que assim que o segundo volume saiu eu fiquei doida para ler!

 

 

∴ Edição 

 

Amor Verdadeiro na Livraria dos Corações Solitários foi publicado pela Verus Editora em 2018. A capa é linda e segue o mesmo padrão do primeiro livro, mostrando um casal dentro da livraria. Algo que achei incrível foi que eles mantiveram, na nova capa, o vaso de plantas que havia na porta da livraria do primeiro livro e a escada visível pela janela. Esse novo volume também conta com uma palheta de cores linda e super delicada conferindo  um ar mais amorzinho ainda ao livro!

 

IMG_3995 (2)

 

As páginas também são amareladas, com ótimo tamanho de fonte, margem e espaçamento. As mesmas plaquinhas que abriam os capítulos do primeiro livro estão presentes de novo neste livro  (♥), que ainda conta com os detalhes de balãozinho para mensagens, detalhes que eu adoro encontrar nos livros. Também vemos no livro algumas fontes diferentes para e-mails e para os trechos de livros que a personagem principal lê.

 

IMG_4019

 

 

∴  História  ∴

 

Verity Love, uma fã de carteirinha de Jane Austen, é uma pessoa super introvertida que trabalha na Livraria Felizes para Sempre. Após uma experiência amorosa única e desastrosa, ela julga estar perfeitamente bem sozinha. Tanto que até inventou um namorado fictício para escapar de eventos sociais: Peter Hardy, oceanógrafo, que todos pensavam ser perfeito.

IMG_4012

Mas foi então que, caindo numa emboscada nada previsível, Very se vê em uma  situação em que precisa apresentar um estranho como seu namorado às amigas, o que termina por complicar ainda mais uma situação já delicada!

Mas até que essa história de namorado fictício bem que pode ser algo útil, e assim Johnny entra na jogada e resolve usar a velha tática de Verity. Os dois então fazem uma parceria para irem juntos a uma série de eventos como casamentos, aniversários e festas, o que pode ajudar a ambos.

IMG_4000 (2)

 Nessa parceria havia apenas uma regra: não se apaixonarem um pelo outro. O que, claro, não precisava nem ser dito, afinal Very jurou nunca mais ter namorado e Johnny já é apaixonado por outra pessoa…

 

Esse livro é um amorzinho! Muito bom do inicio ao fim, acho que gostei mais dele do que do primeiro (Annie Darling conseguiu com sucesso superar seu livro de estreia).

IMG_4007

 Verity é uma personagem incrível e eu totalmente me identifiquei com ela, desde a inabilidade social até o amor pelos livros. Assim como no outro livro, este é recheado de romance, comédia e referências literárias e fiquei muito feliz por ele não ter demorado nada para ser lançado! Espero que os próximos venham logo, pois estou ainda mais ansiosa para eles.

 

Agora me digam vocês, já leram esse livro? Me contem aqui nos comentários para eu saber o que acharam!

Xx