O lado mais sombrio (A. G. Howard)

Hey pessoal!

Sei que estou uma semana atrasada, mas não queria deixar de postar uma resenha da Páscoa, mesmo não sendo exatamente um livro de Páscoa. Na verdade, acho que nunca li um livro que tenha a Páscoa no contexto, ou se li não me lembro, então a escolha da “resenha temática” foi mais ou menos aleatória. Bom, mais ou menos porque escolhi O lado mais sombrio só por causa do coelho (risos)! Mesmo que o coelho da história não seja exatamente branquinho e fofinho, o que vale é a intensão não é mesmo?

IMG_3517 (2)

Como já falei antes eu adoro releituras, e essa nova versão do Pais das Maravilhas é simplesmente incrível e eu tive que trazê-la para vocês. Então vamos à resenha!

∴   Edição   ∴

IMG_3514 (2)

O lado mais sombrio foi publicado pela editora Novo Conceito em 2014. A capa é incrível, cheia de detalhes que nos levam para mais perto da história e possui uma aura ligeiramente sombria, que combina com o titulo e a proposta da quarta capa. As folhas são amareladas e a diagramação é ótima: a fonte além de ser muito bonita tem um tamanho bom, assim como a margem e o espaçamento. As páginas ainda têm detalhes em todos os rodapés e na abertura de cada capítulo (♥).

IMG_3518 (2)

∴   História   ∴

Nesse livro conhecemos Alyssa Gardner, uma garota que ouve os pensamentos de plantas e animais. Apesar de conseguir esconder essas alucinações, a menina sabe que acabará em um sanatório como sua mãe. Não há como escapar deste destino, a insanidade é uma constante em sua família desde que sua tataravó Alice Liddell contou a Lewis Carroll coisas muito estranhas que o levaram a escrever um livro. (Vocês já devem saber qual: Alice no País das Maravilhas!)

IMG_3524 (2)

 Mas será que tudo isso que ela ouve é realmente coisa da sua cabeça? Alyssa será mesmo louca? Talvez tudo aquilo que sua tataravó contou ao escritor não fosse tão insano assim. Aos poucos a menina vai descobrindo que, para saber mais sobre sua família e para reparar alguns erros ela terá que pular na toca do coelho e embarcar no verdadeiro Pais das Maravilhas!

Nessa nova aventura Alyssa irá contar com seu amigo do mundo real, Jeb, e seu guia no País das Maravilhas, Morfeu, e vai descobrir que nada nem ninguém é o que parece no Pais das Maravilhas, nem mesmo ela própria.

IMG_3534 (2)

Eu adorei esse livro e esperei ansiosamente pelo lançamento de cada novo volume dessa série! É uma historia super original com uma relação única com a história clássica!

E vocês, conhecem O lado mais sombrio? O que acharam? Deixem suas opiniões aqui nos comentários que vou adorar ler e responderei todos!

Xx

 

Anúncios

Uma história de verão (Pam Gonçalves)

Hey pessoas!!

 

 

Nem acredito quanto tempo faz desde a última vez que passei por aqui!!! Não me perguntem o que aconteceu, nem eu seria capaz de explicar… posso só dizer que estava muito chateada por deixar o blog de lado, mas com a correria do shopping eu não estava conseguindo nem ligar o computador, nem na minha folga.

Mas deixando as desculpas de lado, vamos à resenha que eu queria postar desde o Carnaval! Uma história de verão foi escrito pela Pam Gonçalves do canal do Youtube  Pam Gonçalves.  Eu já “conhecia” esse livro de hoje através do canal dela, mas até o fim do ano eu nunca o havia visto pessoalmente. Graças à Juliana e a Paula (e à Leitura, já que foi lá que conheci as duas e elas já me deram uma lista enorme de “livros obrigatórios”) que me disseram que eu simplesmente tinha que ler esse livro urgentemente eu voltei um dia para casa levando um lindo exemplar comigo. Ainda por cima foi um dos exemplares que a Pam deixou autografado na loja (♥).

IMG_3508

Assim que li esse livro quis corre para o blog e escrever sobre ele – da mesma forma que assim que cheguei na Leitura precisei conversar com as meninas sobre ele – mas eu tinha uma ideia bem específica do que queria nas fotos: areia!!!

IMG_3347(2)

Foi bem difícil conseguir isso, mas graças ao meu padrinho (obrigada Padrinho!! foi um dia super divertido!) eu consegui um lugar com bastante areia para fazer minhas fotos e, o mais legal é que o lugar que ele me levou era aonde eu ia quando criança para nadar na cidade da minha avó! Foi bem divertido voltar lá, ainda mais agora que queria algo especial para o blog… tirando o fato de que ganhei uma bolha no pé por causa da areia quente! (risos)

Bom… depois de todo esse devaneio, vamos à resenha!

∴   Edição   ∴

IMG_3364(2)

Uma história de verão foi publicado pelo Grupo Editorial Record, sob o selo Galera, em 2017. A capa é linda e tem uma textura aveludada e titulo em auto relevo. Adoro a palheta de cores super verão que eles usaram na capa mostrando um píer lindo ao nascer(?) do sol e ainda tem a quarta capa que mostra o mesmo píer à noite, que também ficou a coisa mais linda.

IMG_3365(2)

As páginas são levemente amareladas com uma diagramação muito boa. A margem e o espaçamento têm um tamanho muito bom e a fonte é muito bonita. O livro ainda tem os detalhes que adoro como balõezinhos para mostrar mensagens de texto  (♥) e itálico para algumas partes.

∴   História   ∴

IMG_3336(2)

Ana Luíza, ou Analu como é chamada pelos amigos é uma garota vivendo um momento incrível e ao mesmo tempo terrível: o último verão antes da faculdade. Tudo bem, nem tão horrível assim, tirando o fato de que, ao invés de seguir a carreira jurídica que estava no planos de sua família, Analu se inscreveu para o curso de Cinema!

Além do dilema que ela enfrenta para conseguir contar para os pais, a garota ainda sofre por ser sempre comparada ao irmão gêmeo que é o queridinho da família e que sempre faz tudo certo.

IMG_3372(2)

Cansada da hipocrisia de sua família que faz de tudo para parecer perfeita, mas que está bem longe de ser qualquer coisa perto disso, Analu embarca em uma viagem para a praia com seus dois melhores amigos. Só em um lugar lindo e em boa companhia para se afastar de toda a loucura que virou sua vida de cabeça para baixo.

O que Analu não esperava era que ia se deparar com Murilo, um ex-namorado que ela não queria (nem imaginava) que veria novamente. Acontece que ele não é um simples ex-namorado… Murilo é sua primeira decepção amorosa, e também o cara que ela não consegue esquecer. Foi ele também que destruiu sua pouca fé nos relacionamentos.

IMG_3350(2)

Desde que ele destruiu seu coração dois anos antes Analu segue uma série de regras muito claras: nada de se apaixonar, nada de apego, nada de envolvimento. Mas será que essas regras serão o bastante para “protegê-la” agora que Murilo apareceu?

 

Eu adorei esse livro, de verdade. Fiquei muito feliz de as meninas terem me falado dele porque eu me diverti bastante. Claro, esse livro também toca em questões delicadas e aborda diversos tipos de relações familiares que nos fazem refletir bastante. Gostei muito do estilo de escrita da Pam e estou ansiosa para ler Boa Noite!!!

 

E agora me digam vocês, conhecem Uma história de verão? O que acharam? Me contem aqui nos comentários, vou adorar ler suas opiniões e responder cada um de vocês!

 

Xx

Confissões on-line (Iris Figueiredo)

Hey pessoal!

A resenha de hoje é de um livro que é muito especial pra mim porque marcou a minha primeira bienal do livro! Em 2014 – dá pra acreditar que isso já foi há quase quatro anos?! – eu fui a minha primeira bienal do livro aqui em Belo Horizonte e conheci a Iris Figueiredo lá. Ela foi super gracinha e me falou um pouquinho sobre o livro dela e, claro que eu gostei do que ela me disse e comprei o livro (e de quebra pedi um autógrafo, afinal, quem não aproveitaria?!)

WhatsApp Image 2018-01-24 at 23.16.30

Durante essa semana eu percebi que ainda não tinha lido a continuação dele, então resolvi relê-lo e, claro, aproveitei para trazer essa fofura para vocês!

∴   Edição   ∴

Confissões online: bastidores da mina vida virtual foi publicado pela editora Évora – pelo selo Generale – em 2013. A capa é fofa e tem diversos detalhes que aparecem na história que fazem com que seja mais fácil imaginar um pouquinho do quarto da Mari. Adoro quando  a capa contém detalhes assim, sempre volto a ela a cada item novo que surge no livro.

WhatsApp Image 2018-01-24 at 23.16.30 (1)

As páginas são amareladas e contém detalhes que eu adoro, como os “desenhos” de telefone para mensagens de texto e para conversas no chat. Além disso no decorrer do livro as separações dentro de cada capítulo são marcadas por um símbolo de “play pause” e cada capítulo é aberto por um desenho de câmera ou mouse (♥) puro amorzinho!

IMG_3324 (2)

∴   História   ∴

Mariana Prudente é uma jovem de 17 anos que está prestes a se formar no último ano do ensino médio, mas nos últimos meses sua vida mudou totalmente e nada tem saído conforme o esperado. De uma hora para outra a garota se viu sem sua popularidade na escola, os amigos, o namorado e seu tão sonhado intercâmbio e ainda se vê sob pressão tendo que estudar loucamente para o vestibular.

WhatsApp Image 2018-01-24 at 23.16.25

Mari passou a ficar isolada na escola, onde seu nome estava rabiscado no banheiro e era falado pelos corredores em inúmeras fofocas. Além disso sua irmã mais velha está de casamento marcado e deixa a família doida com todos os preparativos. Não tendo mais com quem conversar e não aguentando mais a pressão, Mari pega sua câmera e grava um vídeo para internet com um único objetivo: reclamar!

WhatsApp Image 2018-01-24 at 23.16.27 (1)

Através de seu canal Marinando, ela tenta descarregar tudo que a sufoca em sua vida off-line. Em meio a tudo isso, ela descobre que sua banda preferida vai tocar na sua cidade, o que não podia ser mais perfeito para ela e Carina, sua melhor (e única) amiga.

É então que ela conhece Arthur, um cara fofo que a ajuda a embarcar de vez no mundo virtual e de quebra a proporciona momentos incríveis, que fazem com que ela esqueça seus problemas no mundo real. Quando Mariana achava que tudo estava entrando nos eixos, sua vida muda mais uma vez e ela se transforma numa webcelebridade e Mari tem que deixar os bastidores para viver essa nova fase da sua vida.

Esse livro é fofo e com alguns momentos muito engraçados que me lembraram a mim e minha melhor amiga. Ele também toca em assuntos importantes como exposição na internet, distúrbios alimentares e questões da adolescência como a pressão do colegial e a decisão do vestibular.

WhatsApp Image 2018-01-24 at 23.16.25 (1)

Confissões on-line também é perfeito para quem quer sair de uma ressaca literária. É super leve e a leitura flui muito rápido e você se vê imersa na vida e nas confusões da Mari, às vezes rindo com ela, outras vezes querendo sacudir a garota!

E aí, quem conhece esse livro? Deixe sua resposta e/ou sua opinião aqui nos comentários!

Xx

Duff (Kody Keplinger)

Hey pessoal!

Primeira resenha do ano e venho com um livro que apareceu por aqui na última tag… Quando assisti ao filme Duff eu nem imaginava que a história era baseada em um livro, mas então uma das meninas que trabalha comigo na Leitura  (onde estou trabalhando desde dezembro) (♥) me disse que existia o livro desse filme e que ela também não sabia disso quando viu o filme. (Aliás, obrigada Ju por ter me mostrado o livro!)

 Vamos à resenha e depois eu comento um pouco sobre a questão livro x filme…

∴   Edição   ∴

 IMG_3287 (2)

Duff foi publicado pela Editora Globo em 2016. Eu ainda não sei bem como me sinto em relação à capa. Adorei a forma como foi feito o título, dando a ideia de que foi escrito com canetinha e então algumas partes ficaram falhadas. Gosto também da fonte usada no “subtítulo” (designated . ugly . fat . friend) e adoro roxo… mas não gostei tanto assim da combinação de roxo e amarelo… Mas uma coisa que gostei muito foi a lombada! Eu acho muito lindo quando o título aparece na vertical – fora que a combinação do amarelo com preto ficou muito melhor!

IMG_3312 (3)

A diagramação interna, por outro lado é muito boa. As páginas são amareladas e o tamanho da fonte, espaçamento e margens são ótimos.

∴   História   ∴

Bianca é uma garota comum no ensino médio, não é super popular, mas tem grandes amigas e isso é o que importa para ela e não o que as pessoas pensam.

IMG_3291 (3)

Ao contrário de suas melhores amigas Jessica e Casey, ela não gosta muito de baladas, apesar de sempre ser arrastada por suas amigas para o Nest. Sempre que ela e as amigas vão à boate ela acaba sentada enquanto as amigas dançam na pista de dança. Numa dessas noites em que ela estava ali, pacientemente esperando uma hora aceitável para ir embora, Wesley Rush – um dos caras mais populares da escola – se  senta ao seu lado e começa a conversar com ela.

Bianca, que não suporta Wesley de forma alguma por que ele é um “riquinho pegador repugnante e babaca”, não está nem um pouco a fim de papo e tenta afugentá-lo, mas é aí que ele mostra suas verdadeiras intenções e a chama de Duff, uma sigla em inglês para Designated Ugly Fat Friend, ou como traduziram no filme, “desengonçada, útil, feia e fofa”: a menina menos atraente de seu grupo de amigas.

IMG_3307 (2)

Desde então Bianca fica muito chateada e passa a se enxergar de maneira diferente, mas reconhece que ser uma Duff tem lá seus benefícios:

  1. não é preciso se preocupar com cabelo ou maquiagem
  2. não há pressão para ser descolada – não é para você que estão olhando
  3. sem problemas com garotos

Mas é então que ela se depara com a iminente separação de seus pais e outros problemas familiares. Desesperada para escapar da realidade que assola sua vida fora da escola, Bianca acaba beijando Wesley.

IMG_3293 (3)

Ela acaba gostando da sensação. Com um só beijo ela aliviou a pressão que a agonizava e ainda se distraiu o suficiente para não pensar em seus pais. Diante disso, a medida que sua vida pessoal se torna mais e mais complicada, Bianca passa a desenvolver uma espécie de “inimizade colorida” com Wesley e a utiliza como válvula de escape.

Isso funciona muito bem a principio até que Bianca percebe que não se pode fugir dos problemas para sempre e, pior, ela está se apaixonando pelo cara que mais odiava na face da terra!

O livro é incrível e Kody Keplinger aborda muitas questões que merecem ser debatidas, dentre elas o alcoolismo e como ele afeta as pessoas que estão ao seu redor e as “denominações” que a sociedade nos impõe. Bianca ao longo do livro reflete sobre termos como “vadia” em contraponto ao próprio “apelido” que recebeu. O que torna alguém feio, gorda, vadia, e tantas outras coisas que ouvimos a medida que crescemos? Há também questões sobre bullying e questões familiares.

 

∴   Livro x Filme  ∴

IMG_3319 (3)

As duas histórias são completamente diferentes. Basicamente só a ideia central e o nome da maioria dos personagens são os mesmos, tirando isso tudo muda. O filme tem uma pegada mais comédia enquanto o livro toca em assuntos bem mais sérios.

O filme não aborda as questões familiares pelas quais Bianca passa e também não retrata a inimizade colorida de Wesley e Bianca. Na verdade, no filme eles são amigos de infância e mantem durante toda a história uma relação amigável, super diferente do clima “pega-fogo” que rola entre os dois no livro.

Eu gostei do filme e do livro. Li muitas resenhas dizendo que o filme é horrível, mas eu gostei e dei muita risada. Já o livro é algo totalmente diferente! Você não consegue largá-lo até chegar ao fim e te faz pensar em questões importantes ao mesmo tempo que se envolve na relação entre Wes e Bianca…

Acredito que vale a pena ler o livro e assistir ao filme, você terá duas histórias “diferentes” e muito boas.

Agora me digam você, já viram o filme ou leram o livro? O que acharam de cada um deles?

Vejo vocês em breve!

Xx

Netflix Book Tag!

Hey pessoal!

Para o último post do ano eu trouxe uma tag que vi pela primeira vez no Kabook TV: a Netflix book tag (afinal, livros e séries são tudo de bom!)

IMG_3269 (2)

Essa tag foi criada por uma youtuber gringa do canal A Darker Shade Of Whitney e nada mais é do que relacionar livros à cada “categoria” que aparece na tela principal da Netflix.

IMG_3256 (2)

Então aperta o play, pega a pipoca e vamos à tag:

 

1) Vistos Recentemente: O último livro que você leu

IMG_3274 (2)

O último livro que acabei de ler foi o livro da resenha de Natal que foi ao ar aqui no Bookolic na semana passada: O caderninho de desafios de Dash e Lily de David Levithan e Rachel Cohn (se você não leu a resenha clique aqui)

2) Principais Escolhas: Um livro que te recomendaram baseado em um livro que você leu antes.

Um dos últimos gêneros que li esse ano foi romance de época e voltei a me viciar neles. Li duas coleções  inteiras – a série Perdida de Carina Rissi (primeiro volume já resenhado aqui no blog) e a série Os Bridgertons de Julia Quinn – então a recomendação seria Agentes da Coroa também da Julia Quinn.

3) Adicionados Recentemente: O último livro que você comprou.

IMG_3276 (2)

O ultimo livro adicionado à minha coleção foi Duff  de Kody Keplinger– sim o mesmo nome de um filme que aparece na Netflix! Tudo a ver com a tag né?! (♥)

4) Em alta: Livros que todo mundo conhece – 2 livros que você já leu e 2 livros que você ainda não leu

IMG_3277 (2)

Claaaaaaro que tinha que ter Harry Potter nessa categoria e para variar pelo menos um pouco escolhi o livro lançado esse ano pela Rocco em comemoração aos 20 anos de publicação de Harry Potter e a Pedra Filosofal. Outro livro que imagino que todo mundo conhece é  Percy Jackson de Rick Riordan, afinal ele já foi lançado há um bom tempo e tem até filme (não que o filme mereça algum comentário!)

Em relação à series que não li: Senhor dos Anéis de J RR Tolkien (sim! Nunca li Senhor dos Anéis!!!! Esse foi o único livro que abandonei na minha vida pois não estava com muito tempo para ler e a leitura não avançava, me deixando muito ansiosa, mas ainda pretendo voltar a ele!). Outro  livro que nunca li é Alice no País das Maravilhas. Dá pra acreditar nisso? Já vi filmes e li livros baseados em Alice, mas não li a obra original de Lewis Carrol. Também pretendo corrigir esse erro em breve.

5) Comédia: Um livro engraçado e divertido

IMG_3279 (2)

Quando vi essa categoria, logo pensei em livros estilo chick lit que geralmente são muito engraçados, mas claro isso não é exclusividade do gênero.  Vários autores fazem piadinhas e easter eggs em seus livros que sempre me fazem rir.

Eu simplesmente AMO esse tipo de coisa! Por isso escolhi dois livros para essa categoria (porque afinal, eu sempre dou um jeito de roubar nas booktags!) um livro estilo chick lit, Melancia da Marian Keyes, e outro estilo fantasia (?) mas que traz uma piadinha. Rick Riordan faz isso em todos  os seus livros, mas em Magnus Chase ele se superou! Essa é simplesmente a melhor série dele e é recheado de pequenas doses de comédia e referências cruzadas com seus outros livros que me arrancaram muitas gargalhadas!

Foi o que aconteceu no capitulo 48 desse livro… eu estava trabalhando com meu pai, quando cheguei nesse bendito capítulo e uma referência a outro livro desse mesmo autor me fez rir loucamente! Juro! Meu pai levou um susto e ficou me olhando como se eu estivesse louca… Mas o que posso fazer, adoro esse tipo de piadinha-referência! É como a Ray Tavares usando referências de Harry Potter em Os 12 signos de Valentina (♥)! É incrível…

6) Dramas: Um personagem que é Rei/Rainha do Drama

IMG_3280 (2)

Não gosto de rotular um personagem como dramático(a), sem graça e etc. Sempre mergulho na história e vou com tudo, aceitando quase tudo que vier, mas não posso negar que Anastácia Steele é a rainha do drama, um dos motivos pelos quais 50 tons de cinza é muito criticado. Mas, sendo ele criticado ou não, bom ou não… sim, eu li o livro e ele entrou nessa categoria…

7) Animação: Um livro com desenhos na capa

IMG_3281 (2)

Eu juro que fiquei na dúvida nessa… fiquei um tempão em frente à estante tentando decidir o que seria considerado desenho e acabei escolhendo Escola de Vilões de Jen Calonita apesar de a) ter ficado com ele na mão uns bons 5 minutos depois de ter escolhido refletindo se ele se encaixava mesmo aqui e b) ter mais um milhão de possibilidades…

Mas essa nova versão de contos de fadas com enfoque nos vilões simplesmente ganhou meu coração – sem contar que estou mais que ansiosa para ler o segundo volume!

8) Assistir Novamente: Um livro ou série que você quer reler

IMG_3282 (2)

Eu adoro reler livros. É algo que faço desde pequena quando lia todos os livros que ganhava em um dia e passava a semana relendo-os esperando uma nova remessa e simplesmente não consigo abandonar esse hábito agora (mesmo com os vários livros acumulados na estante para ler). Mas apesar disso, a escolha dessa categoria foi muito fácil: a série de O inferno de Gabriel de Sylvain Reynard é o que estou relendo no momento graças a minhas amigas da faculdade que começaram a falar dele e me bateu uma vontade de reler a trilogia.

9) Documentários: Um livro de não-ficção que você recomenda

Esse não é um gênero que gosto, tanto que não tenho nenhum livro do tipo na minha estante, mas para não deixar em branco essa categoria vou listar a biografia de J. K. Rowling que uma amiga me emprestou e eu li há um bom tempo atrás…

10) Ação e Aventura: Um livro repleto de ação e aventura

IMG_3283 (2)

Falar em ação atualmente é o mesmo que falar em Game of Thrones a série escrita por George R. R. Martin e adaptada para a TV! Esse livro é repleeeto de ação, batalhas, mortes e tudo mais que esse gênero pede!

Não estou com meu primeiro volume aqui porque ele está com meu primo (Pedro, quero ele de volta, inteiro e bonitinho!) então trouxe o segundo para não sair muito da sequência e para não carregar muito peso para a casa dos meus primos no interior vulgo lugar amorzinho onde fiz as fotos, afinal vocês já viram o tamanho do volume três? Baita calhamaço!

11) Lançamentos: Um livro que acabou de sair ou que sairá em breve e que você está louco para ler.

Não sendo nenhum pouco original e repetindo o que já disse em outro post estou louca para ler o próximo volume da série Perdida. Estou tão ansiosa que comprei meu exemplar no primeiro dia de pré-venda há quase dois meses atrás!

 

Então é isso pessoal… essa foi minha Netflix Book tag com direito ao cenário lindo projetado pela minha prima Nina e com a ajuda do meu afilhado nas fotos! Fofura né  (♥)

É com essa tag que me despeço desse ano e de vocês que tem me acompanhado por aqui fazendo esse ano de realizações super especiais! Espero vê-los  ano que vem curtindo e acompanhando as novidades que vem por ai!

Feliz ano novo para todos! Que 2018 seja repleto de coisas maravilhosas para todos vocês e nos vemos ano que vem 😉

Xx

 

O caderninho de desafios de Dash & Lily (David Levithan e Rachel Cohn)

Ho ho ho! Feliz Natal para todos!

IMG_3221 (2)

Hey pessoal!

A resenha hoje, claro, é especial de natal e por isso escolhi o livro O caderninho de desafios de Dash & Lily que conheci em um vídeo no canal da Melina Souza sobre livros natalinos. Como adoro todos os livros do David Levitan eu escolhi esse dentre as várias sugestões da Mel.

∴   Edição   ∴

IMG_3223 (2)

O caderninho de desafios de Dash & Lily foi publicado pela Galera Record em 2016. A capa  é linda e – além da paleta de cores incríveis – mostra a silhueta de Nova York repleta de flocos de neve e a quarta capa é uma continuidade da imagem (o que eu adoro em um livro). A fonte escolhida para o titulo também é linda e ainda possui relevo (♥).

IMG_3227 (3)

Já as páginas – quebrando um padrão dos livros que aparecem por aqui – são brancas, mas a diagramação interna  é ótima com um bom tamanho de margem e fonte, sendo que as partes “do caderninho” são destacadas em itálico – um cuidado da editora que gosto muito.

∴   História   ∴

O caderninho de desafios de Dash & Lily conta a história de Dash e Lily por meio de capítulos alternados com o ponto de vista de cada personagem no período das festas de fim de ano. Toda a história dos dois se passa no intervalo entre os dias 21 de dezembro e 01 de janeiro.

IMG_3229 (2)

  Lily  é uma garota de dezesseis anos que ama o Natal e todas as comemorações e tradições que envolvem essa data especial. Ela é uma garota encantadora que sempre foi superprotegida pela família, mas resolve que isso precisa mudar e já que foi “forçada” a passar esse período mágico sozinha, decide começar essa tal mudança por esse ano e o primeiro passo está bem claro na sua cabeça: ela decide se apaixonar! Mas isso não parece fácil, é então que seu irmão Langston tem uma ótima ideia criar uma série de desafios e escrevê-los em um Moleskine vermelho e deixá-lo em uma prateleira de uma livraria (♥) a Strand! Uma livraria que existe de verdade (é a maior livraria de livros de segunda mão de Nova York).

Strand

Dash é um rapaz que não gosta dessa época festiva e considera o Natal a época mais detestável do ano. De tradições e cantigas à mania de compras e turistas, tudo é abominável aos olhos de Dash. E é por isso que ele fez planos quase meticulosos para passar o natal sozinho esse ano.

É aí que, passeando pela sua livraria favorita (adivinhem qual!) ele descobre um caderninho vermelho em meio às suas, já familiares,  lombadas de livros. O que ele faz então?

Acho que a escolha é obvia:

Pega o caderninho vermelho e o abre.

E faz o que ele mandar você fazer.

 

 IMG_3240 (2)

Assim começa o relacionamento de Dash e Lily: eles se desafiam e compartilham um com o outro sonhos e experiências nunca antes divididas com alguém. Passando então o caderninho de um para o outro eles  estabelecem uma ligação surpreendente, mas será que as palavras bastam? Podem os seus verdadeiros “eus” se conectarem?

 

Eu adorei esse livro, como não podia deixar de ser diferente em se tratando dessa dupla! Li esse amorzinho em quatro dias enquanto ia para o trabalho. A leitura é fluida e rápida e muito boa (e divertida). Ainda podemos encontrar nesse livro citações incríveis e palavras diferentes e fantásticas!  (estou super entrando no clima do livro!!!). Como bônus temos o adorável fato de cair como uma luva para esse época do ano! (♥)

IMG_3245 (2)

Mas e vocês? Conhecem O caderninho de desafios de Dash & Lily ou algum outro livro desses autores? Comente aqui e deixe sua citação favorita que vou adorar compartilhar isso com vocês!

Tenham todos um Feliz Natal repleto de amor e paz!!

 

Xx

Liberte meu Coração (Meg Cabot)

Oi pessoal!

 

O escolhido para a resenha de hoje é Liberte meu Coração, mas antes de tratarmos do livro propriamente dito, preciso contar uma historinha sobre ele. Liberte meu Coração “surgiu” como um livro que foi escrito Princesa Mia Thermopolis (aquela mesma dos Diários da Princesa). A Mia o escreveu como seu projeto de final de curso na escola e pequenos trechos da história aparecem no décimo volume da série e foi assim que fiquei maluca para lê-lo!

IMG_3203 (2)

Eu me lembro que na época procurei alucinadamente por esse livro, mas não o encontrava em lugar nenhum! Fiquei com isso na cabeça por meses, mas nunca encontrava o bendito livro… foi então que BUUM! Um belo dia encontrei essa gracinha enquanto andava despretensiosamente pela Leitura. Claro que levei pra casa, feliz da vida! Mal podia imaginar que alguns anos depois ele seria autografado pela fofíssima da Meg Cabot quando ela esteve no Brasil para o lançamento de O Casamento da Princesa. E  o mais bonitinho é que ela autografou como Meg e como Mia! Quer coisa mais fofa?

Bom… agora que a história de como esse livro veio parar nas minhas mãos já está contada, vamos à resenha:

∴   Edição ∴

IMG_3174 (2)

Liberte meu Coração foi publicada pela Galera Record em 2011. A capa é linda e merece alguns destaques: a fonte usada no título é muito linda e a imagem nos coloca num cenário típico da história, fora que ainda conta com um efeito incrível.

As páginas são amareladas com ótimo espaçamento e uma fonte muito bonita – principalmente na abertura dos capítulos.  A diagramação interna é excelente e o tamanho da fonte é bem grande o que é bom para que os olhos não fiquem cansados.

IMG_3213 (2)

 

 

∴   História ∴

Na bela Inglaterra do século XIII (mais especificamente em 1291) vive Finnula Crais, uma donzela que é a caçula de uma grande família – são seis irmãs e um irmão! Diferentemente das irmãs que se contentam em passar os dias fofocando sobre maridos, crianças e afazeres domésticos, Finnula é uma aventureira que prefere gastar seu tempo caçando nas terras do conde e andando para cima e para baixo em calças de couro justas (o que a torna alvo de comentários maldosos em toda a vila).

Como se isso já não fosse o bastante, Finnula de repente se vê com um grande problema: sua irmã gastou todo o dinheiro do dote e precisa encontrar uma forma de recuperá-lo. A única coisa que ocorreu a Finnula e a irmã não é nenhum pouco comum: elas irão sequestrar um lorde!

IMG_3175 (3).JPG

Bem no caminho dessa aventureira determinada a ajudar a irmã, entra o conde Hugo Fitzstephen. Ele está voltando das Cruzadas com os bolsos cheios de dinheiro, ouro e joias. Nada poderia ser mais fácil! Finnula sequestraria o conde e pediria um belo resgate… E talvez o fato de ele ter se deixado capturar por uma jovem tão bonita, tenha contribuído para tornar tudo tão fácil assim!

Bom, pelo menos seria fácil se Finnula não tivesse se apaixonado pelo refém… Só para descobrir que ele esteve mentindo sobre quem era o tempo todo… Será então que ela vai ter que abrir mão do resgate? E do próprio coração?

Com uma ambientação no melhor estilo medieval e uma personagem cheia de determinação, opinião e uma personalidade forte que traz a assinatura de Meg Cabot, Liberte meu Coração é um livro recheado de perigo, desejo e claro, muito romance!

É uma história super divertida  que nos deixa ávidos por descobrir o segredo de cada um e nos envolve a cada novo passo do relacionamento de Hugo e Finn.

 Com certeza recomendo esse livro para aqueles que amam romances, principalmente para aqueles que amam romance histórico. É uma leitura leve e divertida, perfeita para um dia de chuva com uma xícara de chá (♥).

 

IMG_3196 (3).JPG

 

E vocês, já conheciam esse livro? Me contem o que acharam aqui nos comentários!

 

Xx